Publicidade
DicasGuia completo

Alterar o DNS

Os DNS desempenham um papel fundamental na velocidade e segurança de acesso às páginas na Internet. Neste guia, saiba como alterar os endereços destes servidores de seu roteador.

DNS

Para evitar a memorização de endereços de IP, sempre que precisar de acessar uma página na internet, são utilizados servidores DNS (Domain Name Service) que redirecionam os nomes pesquisados para os endereços corretos.

Caso esteja a usar o DNS da sua operadora, vamos ensinar como mudá-lo no roteador, para que você tenha servidores mais rápidos e seguros. Um desses exemplos é o Cloudflare, que lançou o seu serviço gratuito de DNS (1.1.1.1) que promete ser mais rápido que qualquer outro serviço DNS atualmente existente.

1Identificar o acesso ao Roteador
Para poder alterar o endereço DNS do roteador, para experimentar alternativas como o DNS do Cloudfare, você deverá identificar seu endereço para acessar o painel de controle e, posteriormente, as configurações do mesmo.
Caso os acessos às configurações do mesmo estejam bloqueadas, você terá que se limitar às alterações na controladora do seu PC. Para isso, abra uma janela de comando (clique em ‘Windows + X’ e, posteriormente, em ‘A’) e escreva ipconfig, pressionando a tecla ‘Enter’. Na mensagem, irá encontrar os principais endereços de sua ligação à Internet, sendo o endereço da Gateway o de acesso ao painel do roteador.

2Acesse as configurações
Usando o endereço de IP de acesso ao roteador num navegador, chegará à página de configuração do mesmo. Coloque o nome de usuário e a senha, entre na área de definições de Internet, altere a opção de DNS de ‘automático’ para ‘manual’; depois, coloque o endereço 1.1.1.1 como servidor primário de DNS e 1.0.0.1 como servidor secundário. Se tiver acesso a configurações IPv6, coloque como servidor primário o endereço 2606:4700:4700::1111 e 2606:4700:4700::1001 como secundário.

3Testar alterações
Salve as alterações e permita que o roteador reinicie a ligação à Internet. Aproveite a ocasião e reinicie seu computador, para que as novas definições sejam também aplicadas. Quando voltar a entrar, aceda às páginas Web que habitualmente utiliza e verifique se estão sendo devidamente mostradas.

Caso não consiga entrar nas páginas, ou seu roteador não tenha forma de alterar os servidores DNS, por imposição do seu operador de acesso à Internet, então deverá alterá-los em seu computador.

4Alterar DNS no Windows
Se esta última situação for o seu caso, então deverá acessar as configurações de seu adaptador de rede. Para isso acesse as definições do Windows, ‘Rede e Internet’, escolha a opção ‘Ethernet’ (ou‘Wireless’, se estiver usando um portátil) na lista de opções à esquerda, e clique na opção ‘Alterar opções do adaptador’.

5 – DNS em TCP/IPv4
Aqui, você deverá clicar com o botão direito em cima da controladora responsável pelo acesso de seu computador à Internet e escolher a opção de ‘Propriedades’. Uma janela abrirá mostrando diversas opções, sendo necessário escolher a opção ‘Internet Protocol Version 4 (TCP/IPv4)’, clicando em seguida em ‘Propriedades’. Nesta janela você deverá alterar a opção de obtenção automática do endereço do servidor DNS para endereços manuais, introduzindo o endereço 1.1.1.1 como servidor DNS preferido e 1.0.0.1 como servidor DNS alternativo, clicando depois em ‘Ok’.

6 – DNS em IPv6
Embora nem todas as ligações e operadoras sejam compatíveis com ligações IPv6, convém alterar também os endereços de servidores DNS neste protocolo. Para isso, na janela das propriedades do controlador de ethernet, escolha a opção ‘Internet Protocol Version 6 (TCP/IPv6)’ e clique em ‘Propriedades’. À semelhança do passo anterior, você deverá alterar a opção de obtenção automática do endereço do servidor de DNS para os endereços introduzidos de forma manual. Deverá, assim, usar 2606:4700:4700::1111 como endereço do servidor DNS primário, e 2606:4700:4700::1001 como endereço do servidor DNS alternativo.

7 Confirmar alterações
Para garantir que tudo ficou devidamente configurado, você deverá voltar a usar o navegador para acessar as páginas de internet que habitualmente visita, e verificar se abrem corretamente. Poderá ainda voltar à linha de comandos e repetir o processo de verificação dos dados de acesso à Internet, confirmando os endereços introduzidos. Para isso, volte a usar o comando ipconfig, mas adicione a opção /all no final, ou seja, escreva ipconfig/all e clique em ‘Enter’, confirmando no final da lista os endereços de servidor DNS introduzidos.